quarta-feira, 11 de maio de 2016

TESOUREIRO DA ASSOCIAÇÃO DE TROVADORES É MORTO EM ASSALTO!


Policial militar da reserva é morto após reagir a assalto em Gravataí

Sargento é irmão do subcomandante da Brigada Militar. Ele reagiu ao assalto e foi atingido no peito

Policial militar da reserva é morto após reagir a assalto em Gravataí Adriana Franciosi/Agencia RBS

As marcas de sangue sobre a calçada e o asfalto da Rua Jorge Nunes, em Gravataí, na Região Metropolitana, mostram onde o sargento aposentado da Brigada Militar Tadeu Dal'Lago, 65 anos, foi alvejado e morto ao reagir a um assalto às 12h30min desta terça-feira. O militar da reserva, irmão do subcomandante da Brigada Militar, tenente-coronel Andreis Silvio Dal'Lago, tinha acabado de chegar na casa da companheira, onde pegaria ela e a enteada, de três anos, e as levaria na Associação de Pais e Amigos dos Excepcionais (Apae), pois a menina tem autismo e paralisia cerebral.
— Estávamos dentro do carro quando o rapaz chegou e mandou todo mundo descer — lembra Angela Maria Bortolotto, 46 anos, com quem Dal'Lago mantinha um relacionamento há sete anos.

Angela pegou a filha e saiu correndo, mas Dal'Lago, desarmado, resistiu e entrou em luta corporal com o assaltante, que conseguiu se desvencilhar e disparar uma única vez contra o sargento aposentado, antes de sair correndo sem levar nada. Dal'Lago foi socorrido pelo cunhado no próprio veículo — um Ônix branco —  e levado ao Hospital Padre Jeremias, em Cachoeirinha, mas não resistiu. Ele morava sozinho em uma chácara em Gravataí e deixa uma filha de 15 anos, fruto do relacionamento anterior.
— Ele me ajudava muito. Cuidava da minha filha, dava tudo o que a gente precisava. Era uma pessoa maravilhosa. Agora só Deus sabe como será — lamentou Angela.
A Polícia Civil ainda não sabe quem é autor do crime, que está sendo tratado como latrocínio (roubo com morte) _ a intenção era roubar o veículo_, mas imagens de uma câmera de segurança próxima ao local flagraram um rapaz com as características apontadas por testemunhas. Trata-se de um jovem aparentando cerca de 20 anos, magro, alto, cabelo escuro, vestindo um moletom vermelho e calça jeans escura. Uma lata de refrigerante que estava com suspeito antes da abordagem às vítimas, e que ficou no local do crime, foi recolhida para perícia.
— Vamos seguir investigando e fazendo diligência para chegar ao autor do latrocínio — disse o titular da 2ª Delegacia de Polícia de Gravataí, Endrigo Veiga Marques.
A morte foi lamentada pelo comandante da BM em Gravataí, major Alexsander Duarte, e pelo comandante-geral da Brigada Militar, coronel Alfeu Freitas Moreira.
— A gente sempre fica triste. A gente sente, porque é um colega de farda — disse Duarte.
— Trabalhamos juntos no 9º Batalhão de Polícia Militar e posso atestar que o sargento Tadeu Dal´Lago muito colaborou com a segurança pública — afirmou o coronel Alfeu Freitas.
Tadeu era o atual 2º tesoureiro da associação de trovadores Luiz Muller de Sapucaia do Sul, da qual eu sou membro do conselho deliberativo.
Na foto Tadeu Dal'lago declamando amadrinhado por Carlos Missioneiro.

O corpo de Tadeu está sendo velado, na capela L do cemitério São Miguel e Almas e as 14 hs será o enterro (ou cremação).
Por hora é isso, inté fui...