segunda-feira, 3 de agosto de 2015

COMENTÁRIO DO TROVADOR VALTER PORTALETE.


Reproduzo aqui na íntegra, um comentário do trovador Valter Portalete de Santo Ângelo, postado neste blog, com sua avaliação sobre a forma que fomos tratados pela organização do 3º Mi Maior de Gaveda Coxília Nativista. 


"Parabéns aos vencedores e a comissão avaliadora pelo trabalho. No entanto, não posso do deixar de salientar nossa decepção pela organização do evento, que demonstrou total desconsideração aos trovadores, deixando-os ao relento,  literalmente na rua, sob o sol, sem assentos disponíveis. Para piorar, um atraso indesculpável na montagem da sonorização, apresentação de planilhas e início do evento. No momento do almoço, todos, inclusive idosos e senhoras precisaram almoçar em pé, com o prato equilibrado em baldrames, apesar de estarem pagando 15 reais. Ressalto a hospitalidade do pessoal que preparou e serviu o almoço, o que infelizmente não se traduziu no contexto geral do evento. E não foi por falta de conhecimento, eis que se tratava do 3º Festival de Trovas na Coxilha Nativista. Estarei repassando a administração municipal de Cruz Alta e a Câmara de Vereadores esta avaliação, para que nunca mais isso venha a se repetir. Tivemos colegas que viajaram 300 Km para estarem em Cruz Alta, até mesmo trazendo esposa e filhos para prestigiar o evento. Não posso acreditar que a terra de Érico Veríssimo trate com tamanho desprestígio a arte trovadoresca do Rio Grande do Sul. Que sirva de lição para outros eventos"

.
Por hora é isso, inté fui...