sexta-feira, 25 de novembro de 2016

MI MAIOR DE SAPUCAIA, MAIS DE DOIS MESES SEM PAGAMENTO.

FALTA DE PAGAMENTO
 
Recebemos, ontem a tardinha, uma ligação telefônica seguida de um e-mail (na íntegra logo abaixo), dos representantes dos trovadores que participaram do 33º Mi Maior de Gavetão, da cidade de Sapucaia do Sul. Segundo o contato, as pessoas abaixo relacionadas, envolvidas no citado evento, não receberam os valores prometidos pelos organizadores do Festival.
 
O espaço está aberto para uma manifestação dos promotores do Mi Maior de Gavetão de Sapucaia do Sul.

- e-mail -
 
33º MI MAIOR DE GAVETÃO DE SAPUCAIA DO SUL
DATA: 17 E 18 DE SETEMBRO DE 2016.
 
TROVADORES PREMIADOS:
 
João Barros de Santa Maria.
Cravinho de São Gabriel.
Jadir Oliveira de Portão.
Luciano Quines de Santana do Livramento.
Antonio Emilio de São Gabriel.
José Estivalete de Porto Alegre.
Leôncio Amaral de Osório.
Jadir Filho de Portão.
Elizandro Chaves de São Gabriel.
Peá da Bossoroca de Sapucaia do Sul.
Roger Chaves de São Gabriel.
Vanderlei Rosa de São Leopoldo.
Alaor Merckel de Caxias do Sul.
Miguelzinho de Sapucaia do Sul.
Milton Pinheiro de Sapiranga.
Valdir Santos de São Leopoldo.
Ailton Flores de Alvorada.
Gaucho do Alegrete de Porto Alegre.
 
CONTRATADOS PARA TRABALHAR NO EVENTO:

 




Adão Bernardes de Novo Hamburgo.
Volnei Correa de Sapucaia do Sul.
João Benito de Gravataí.
Dalva da Silva de São Leopoldo.
Renato Kruel de São Leopoldo.
 
Total de 28 participantes, os nomes acima listados foram premiados e não receberam os valores pecuniários, assim como os que trabalharam no evento também não receberam nada da prefeitura municipal de Sapucaia do Sul até a data de hoje 24 de novembro de 2016, ou seja, 65 dias de atraso.

Matéria compartilhada na íntegra, conforme postagem no blog de Léo Ribeiro.

Por hora é isso, inté fui...